Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Ações de promoção da vida e prevenção ao suicídio

        As ações de prevenção ao suicídio na Brigada Militar ocorrem como parte da campanha nacional intitulada Setembro Amarelo, iniciativa do Conselho Federal de Medicina, Associação Brasileira de Psiquiatria e Centro de Valorização da Vida. Foram realizados nos anos de 2018 e 2019 palestras de prevenção ao suicídio na Capital e interior do Estado, atingindo um público de cerca de 3.000 Militares Estaduais.

         Foram abordados temas como epidemiologia mundial e nacional, mitos e verdades, como reconhecer sinais de perigo, o que fazer e o que não fazer frente a uma pessoa com risco de suicídio, as estratégias de prevenção dentro da Brigada Militar, e onde buscar ajuda. Os seminários foram ricos momentos de geração de conhecimento, esclarecimento de dúvidas, trocas de experiências, quebra de tabus e de aproximação da equipe de saúde mental da instituição com seu efetivo.

        No dia 04 de setembro de 2019 foi realizado o II Seminário de Prevenção ao Suicídio da BM – Setembro Amarelo. O foco do evento neste ano foi a abordagem do tema especificamente na infância e adolescência, com a fala de especialistas e estudiosos no tema. A psiquiatra Berenice Rheinheimer ministrou a palestra “Suicidalidade na Infância e Adolescência”, e o psiquiatra Jader Piccin ministrou a palestra “Suicídio na Infância e adolescência: muitas razões par falar”. Houve ainda uma explanação sobre a atuação do CVV, bem como uma dinâmica de grupo. Após as apresentações, foi aberto espaço para dúvidas, com ricas discussões sobre o tema entre os presentes.

        Foram convocados para o evento MEs atuantes nos Colégios Tiradentes da capital e interior, MEs da Patrulha Maria da Penha, MEs do Proerd, MEs da Creche Tio Chico e SAS, e profissionais de psicologia e serviço social da Seção Biopsicossocial e HBMPA. Foram convidados deputados da Frente Parlamentar de Combate ao Suicídio e Promoção da Vida, membros do Comitê Estadual de Prevenção ao Suicídio, membros do CVV, oficiais QOES, praças das FSR da capital e interior, e efetivo da BM.

Imagens do II Seminário de Prevenção ao Suicídio da BM – Setembro Amarelo, com foco na Infância e Adolescência.

       Entre 23 e 26 de setembro foi realizada no HBMPA a I Semana Alusiva ao Setembro Amarelo, dirigida aos militares estaduais em atendimento ou em serviço na unidade, seus dependentes e servidores civis. Foram realizadas intervenções psicoeducativas sobre o tema por profissionais de saúde mental nas salas de espera, sala de reuniões do centro clínico e na sede do HBMPA. Como atividade de terapia ocupacional, os pacientes internados na UIP confeccionaram cartazes que foram afixados nos estandes do evento, bem como confeccionaram broches com símbolo da campanha, os quais foram distribuídos ao público atingido.

Confecção de broches da campanha e cartazes por pacientes internados na UIP em atividade de Terapia Ocupacional 1
29103605-confeccao-de-broches-da-campanha-e-cartazes-por-pacientes-internados-na-uip-em-atividade-de-terapia-ocupacional-1.png

        Por fim, no dia 01 de outubro foi realizado o Seminário Intersetorial de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio para Servidores da Segurança Pública.

No turno da manhã, ocorreu a mesa de abertura, e após a apresentação do Comitê Estadual de Promoção e Prevenção do Suicídio e do Grupo de Trabalho da Segurança Pública. Por fim, apresentou-se Alícia Galfasó, psicóloga da Universidade Federal de Buenos Aires, com o tema “Autocuidado profissional no trabalho com a vida e a morte.”

À tarde, houve a apresentação de perito Anderson Morales com o tema “Contribuição do Instituto Geral de perícias para a compreensão do fenômeno do suicídio”. Após, o Major Diógenes, do Corpo de Bombeiros de São Paulo, ministrou a apresentação “Abordagem técnica às tentativas de suicídio”.

Nos intervalos do evento, houve momentos culturais, com apresentações da banda da Brigada Militar.

 

Além das palestras, outras ações foram desenvolvidas, entre elas, estiveram a elaboração de um material de divulgação sob a forma de um folder informativo voltado ao público interno da instituição sobre Prevenção ao Suicídio, inclusive com algumas orientações e informações sobre os locais de atendimento da instituição. Este panfleto foi distribuído durante os seminários, e também de forma permanente nas Formações Sanitárias Regimentais (FSR) e na Junta Médica.

            Objetivando padronizar atendimentos, foram elaborados protocolos de atendimentos sob a forma de guias direcionados às FSR e aos comandos.

Guia para Comandos - Saúde Mental (.Pdf 651,28 KBytes)
Guia para FSR - Saúde Mental (.Pdf 851,42 KBytes)

       Como medidas de identificação precoce de algumas condições de saúde, foram incluídos na Inspeção Bienal de Saúde, dois instrumentos de rastreio, um voltado à identificação de Depressão (PHQ-2) e outro voltado à identificação Transtorno por Uso de Álcool (AUDIT-C). Em caso de rastreio positivo, os ME passaram a ser encaminhados aos ambulatórios de psiquiatria para uma avaliação aprofundada. Em caso de confirmação do diagnóstico, o tratamento passou a ser imediatamente instituído. Em caso de não confirmação, os ME passaram a receber orientações preventivas.

 

 

Brigada Militar