Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sobre o 33ºBPM

33º BPM   Batalhão Irmãos Murussi
33º BPM Batalhão Irmãos Murussi - Foto: Sd Giliard

33° BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR – IRMÃOS MURUSSI

Originou-se como destacamento da 2ª Companhia do 3° BPM (Novo Hamburgo), em 17 de outubro de 1990, tornou-se a 3ª Companhia do 15° BPM (Canoas), com responsabilidades territoriais sobre os municípios de Sapucaia do Sul e Esteio.

Em 17 de setembro de 1998, tornou-se Organização Policial Militar Sapucaia do Sul, com base legal no Decreto n° 38.107, de 22 de janeiro de 1998, em consonância com as disposições contidas na portaria n° 141 da então Secretaria da Justiça e da Segurança Pública.

Em 20 de agosto de 2002, finalmente passou à designação de 33°Batalhão de Policia Militar, através da portaria n°001/DA-SMOV/2002, publicada no Boletim Geral da Brigada Militar n° 160, de 21 de agosto de 2002.

Por ocasião da história, o 33°BPM sofreu algumas perdas ao longo de seus anos, nobres Policiais tombaram no fiel cumprimento do dever, tendo, infelizmente o caso de maior comoção a nível nacional, a morte dos IRMÃOS MURUSSI. Marcio Murussi no dia 01 de agosto de 2008 e Michele Murussi, no dia 15 de agosto de 2008, morreram cumprindo sua missão. Ambos filhos de Sapucaia do Sul e, atualmente, o 33° BPM leva o nome de nossos HERÓIS.

Em 02 de abril de 2019, através do decreto n° 54.558 e publicado no Diário oficial do Estado n° 66, de 04 de Abril de 2019, Institui-se como Patronos do 33° Batalhão de Policia Militar, os irmãos MÁRCIO LEANDRO MURRUSI e MICHELE LETÍCIA MURUSSI PRESTES, soldados da Brigada Militar de Sapucaia do Sul, ficando o Batalhão assim nominado: 33°BPM – IRMÃOS MURUSSI

Hoje o 33° BPM, formado por homens e mulheres de valor, vem cumprindo seu dever constitucional de mantenedor da ordem pública e de prevenção da violência. As lutas atuais são travadas contra todas as formas de violência, e os heróis da atualidade são os nossos valorosos Policiais Militares que todos os dias, diuturnamente, expõem suas vidas a risco, em defesa da paz social, representando o nosso passado, que hoje estamos mais fortes, pois ao nosso lado está a Comunidade.

Brigada Militar